sábado, 12 de dezembro de 2009

Marcelo Gleiser: o homem e os caminhos da ciência no século XXI

Conferência de Marcelo Gleiser no ciclo Universo do Conhecimento. Veja vídeo na íntegra em http://www.universodoconhecimento.com...
Nesta palestra, o físico debate o futuro de nosso planeta e denossas sociedades e discute a compreensão de questões científicas importantes, como o efeito estufa, a engenharia genética, a energia nuclear, entre outros assuntos.
Categoria: Ciência e tecnologia
Palavras-chave:
Marcelo Gleiser Física Universo do Conhecimento

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Pelo Fim do Monopólio das Comunicações no Brasil

Não é essa a TV que a gente merece. Precisamos de uma mídia que não esteja amarrada a interesses de empresários, políticos ou igrejas. Que atenda as necessidades do povo. O que o Brasil precisa é o fim do monopólio das comunicações.

Vídeo apresentado por Carlos Latuff e produzido por Vanor Correia.
Categoria: Notícias e política
Palavras-chave:
Globo CNT Gazeta RedeTV SBT Record Bandeirantes Band televisão mídia monopólio Latuff TV pública democracia

domingo, 22 de novembro de 2009

Milton Santos. O Mundo Globalizado 2/9

Encontro com Milton Santos: O mundo global visto do lado de cá, documentário do cineasta brasileiro Sílvio Tendler, discute os problemas da globalização sob a perspectiva das periferias (seja o terceiro mundo, seja comunidades carentes). O filme é conduzido por uma entrevista com o geógrafo e intelectual baiano Milton Santos (1926–2001), gravada quatro meses antes de sua morte.

Considerado um dos maiores pensadores brasileiros do século XX, Milton Santos não era contra a globalização e sim contra o modelo de globalização perversa vigente no mundo, que ele chamava de globalitarismo. Analisando as contradições e os paradoxos deste modelo econômico e cultural, Milton enxergou a possibilidade de construção de uma outra realidade, mais justa e mais humana.
[editar] Outros filmes do diretor

* Anos JK
* Jango
* Marighella
* Memória e História em Utopia e Barbárie
* Castro Alves – Retrato falado do poeta
(DA WIKIPÉDIA)

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

VOCÊ SE INTERESSA PELA QUESTÃO DAS REDES!? (NOVO BLOG)



“CONVIVEMOS,VIVEMOS EM MUITAS REDES,E NEM NOS DAMOS CONTA DISTO!”

“TUDO QUE É SUSTENTÁVEL TEM O PADRÃO DE REDE”>>> AUGUSTO DE FRANCO

Este novo blog surgiu por causa da 1ª Oficina de AEL – REDE VIVO , em São Paulo,se propõe a discutir, a transformar, a “oficinar”...  “redes”de pessoas...como? na medida  em que a rede for se formando neste blog... (eu com mania de blogs, montei o blog) e os outros que compreendem que blogs podem cooperar com a interação, com a transformação das redes, das conexões entre as pessoas....e se quiserem participar deste blog, é só mandarem respostas com seus emails que eu mando o convite!! Conexões são vitais hoje, mais do que nunca! Por isso continuo tentando me conectar e tentar promover conexões através de blogs...se funciona mesmo...não sei!! Algumas coisas boas tem acontecido com os blogs coletivos! Mas o negócio todo começa na vontade de cada um, sem ela...nada acontece! Abrações!

Nadia Stabile - 19/11/09

 (novo blog) OFICINAS DE REDES (clique nos links para ler)

http://oficinasderedes.blogspot.com/        

Arquivo do blog


quarta-feira, 4 de novembro de 2009

AVESSO DO TWITTER

VÍDEO DE NADIA STABILE
A REDE QUE É O AVESSO DO TWITTER
http://avessodotwitter.ning...
Categoria: Pessoas e blogs
Palavras-chave:
MÚSICA NADIA STABILE QUARTA DIMENSÃO REDE AVESSO TWITTER GATOS

Poesia "Meninos de Pedra" - Marcelo Roque

Poesia "Meninos de Pedra" - autoria de Marcelo Roque




Pobre menino de pedra,
de olhos de brita,
e hálito de asfalto
Que mata sua fome
e seus sonhos,
no fundo do mesmo cachimbo
Pobre menino duro,
duro de frio,
duro de pedra
De todos os filhos que tivemos,
aquele, que nunca nasceu
Pobre pedra,
pobre menino,
que da infância,
ainda guarda um dente de leite
num canto esquecido da boca ...

http://recantodasletras.uol.com.br/au...
http://marceloroque.blogspot.com/
http://www.eca.usp.br/nucleos/njr/cat...
http://www.eca.usp.br/nucleos/njr/pro...
http://www.eca.usp.br/nucleos/njr/abr...
http://www.eca.usp.br/nucleos/njr/cli...
http://sarauxyz.blogspot.com/
Categoria: Pessoas e blogs
Palavras-chave:
poesia marcelo roque meninos de pedra criança abandono droga crack

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Ciclo Era Digital com Lúcia Santaella - Aberje

O 4° encontro do Ciclo Era Digital trouxe a palestrante Lúcia Santaella, professora titular da PUCSP. Ela falou sobre as tendências atuais da cultura digital como: a era dos terabytes, as redes sociais participativas e colaborativas, já com a chegada da web 3.0 e sobre as práticas de acesso propiciadas pelos dispositivos móveis.
Categoria: Educação
Palavras-chave:
Ciclo Era Digital com Lúcia Santaella Aberje comunicação empresarial institucional organizacional paulo nassar massimo di felice atopos emiliana pomarico web 3.0 dispositivos móveis terabytes tags

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

ÍNDICE ATUAL DO BLOG SARAU PARA TODOS (CLIQUE AQUI OU NOS LINKS)

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Nasce uma professora.

Texto publicado pela Hegli, no blog: Educação Ambiental Contemporânea.

PREFIRO SER UMA METAMORFOSE AMBULANTE

Bem, sei que geralmente eu abordo assuntos mais técnicos, mais específicos, mas... o que vou falar hoje não deixa de ser um assunto relacionado a Educação Ambiental porque vou falar de educação também.
Há alguns meses fui convidada por um antigo e querido amigo que acabara de ser nomeado diretor de uma escola estadual enorme (21 salas por período) para dar “uma força” como professora eventual de aulas de artes. Encarei o desafio de dar algumas aulas, meio período, seria uma boa experiência para me decidir sobre o mestrado...
Após as férias, houve o retorno, as aulas pós-gripe H1N1, professoras grávidas que não poderiam entrar em sala, e uma dessas professoras era de Artes. As 13 turmas de 6ª e 7ª séries dela caíram em meu colo. GENTE DO CÉU, como não dizer não? E lá fui eu...
Neste curto período pude entender o que é encarar uma sala de aula com cerca de 40 alunos totalmente sem limites, sem noções claras sobre respeito, higiene, educação, sociedade, ética, mundo; crianças da periferia, com pouca ou nenhuma expectativa na vida, com pais muito ocupados em manter a sobrevivência da família, ou ocupados demais para prestar atenção na família, ou ocupados em viver suas vidas alheios a vida dos filhos, e alguns poucos muito dedicados e preocupados com suas crianças.
Isso me fez compreender (mas não aceitar) professores que desistem de tentar ensinar e que, prostrados com o dia a dia em sala de aula em vários períodos, acabam apenas cumprindo os protocolos, levando e empurrando, ensinando somente a quem quer aprender. Fora todo o resto, que envolve desde um salário não muito motivador até a convivência com demais funcionários e professores e coordenadores estressados e sobrecarregados também...
Mesmo sabendo ser uma situação provisória eu me dedico a ensinar arte como eu gostaria que o professor do meu filho, que estuda em uma boa escola particular, ensinasse a ele. Me desdobro, me esforço, me irrito, me recomponho, me envolvo, me desespero, me refaço e volto para causa exaurida. Mas quando começo a ver os frutos disso após esses meses, com a maioria das crianças entendendo arte, pensando, pesquisando, criando e trabalhando coletivamente penso: foi a melhor coisa que poderia me acontecer!!!
Tem sido uma experiência transformadora sob diversos aspectos. Viver essa realidade está me fazendo rever e repensar muita coisa inclusive a respeito da educação ambiental, responsabilidade socioambiental, mobilização social e sustentabilidade. Tudo aquilo que é linnnnndo no papel, na novela e na propaganda de banco e sabão em pó, é tão difíííííííícil na vida real... e reclamar que tudo está péssimo na educação é tão mais fácil...
Doar um pouco de si sem esperar recompensas ou condecorações não mata ninguém. Estou mais viva e com absoluta certeza eu tenho aprendido muito mais do que tenho ensinado. Sair da zona de conforto, de discussões filosóficas e acadêmicas e partir para o TRABALHO de fato, na mudança de algo que se sonha é sofrido, cansativo, mas me trouxe uma coisa que curso nenhum pôde me dar, a certeza de que a frase que está fixada neste blog e que eu tanto acredito se aplica.

“Nunca duvide que um pequeno grupo de cidadãos preocupados e comprometidos possa mudar o mundo; de fato, é só isso que o tem mudado”. Margaret Mead, antropóloga

E como muito bem cantou o sábio Raul Seixas “ eu prefiro ser uma metamorfose ambulante do que ter aquela opinião formada sobre tudo”. Aproveito para agradecer aos amigos de caminhada e a meu marido, que me incentivaram sempre e não me deixaram desistir dessa “metamorfose”. OBRIGADA!

domingo, 27 de setembro de 2009

[MST] "Crescemos somente na ousadia" 25 anos do MST (1/3)

[MST] "Crescemos somente na ousadia 25 anos do MST" (2/3)

[MST] "Crescemos somente na ousadia" 25 anos do MST (3/3)

Vídeo feito em homenagem aos 25 anos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) a partir da Marcha Estadual Maria Cícera Neves, agosto de 2009. O filme apresenta depoimentos de parceiros e parceiras do movimento, imagens de momentos históricos de sua trajetória e também desta última marcha. Além disso, ele se propõe a refletir sobre a relação do MST com as questões urbanas.

http://www.mst.org.br/
http://passapalavra.info

Download em: http://www.sendspace.com/file/b60bsk

Partcipações (em ordem de aparição): Plínio de Arruda Sampaio (Presidente da Asssociação Brasileira de Reforma Agrária), João Bernardo (Professor e escritor português), Paulo Arantes (Professor de filosofia/USP), Iná Camargo Costa (Professora e crítica de arte) , Luis Beltrame (Militante do MST-SP), Tito (Militante da comuna Força Ativa), Crônica Mendes (Compositor e MC do grupo A Família), Alípio Freire (jornalista e ex-preso político), Catiara Mahin (Coletivo Kilombagem e MC do grupo Amandla), Beatriz Tone (Arquiteta do coletivo Usina), Fernando Anitelli (Integrante do grupo Teatro Mágico), Wellington Lopes (Militanteda comuna Força Ativa), Ermínia Maricato (Urbanista e professora da FAU/USP), José Mário Branco (Músico e compositor português), Pulguinha (Gaviôes da Fiel Rua São Jorge), GOG (Poeta e MC), Juliana Bonassa (Militantedo MST), Gilmar Mauro (Dirigente do MST), Leslie Loreto (Arquiteta do coletivo Usina), Pedro Arantes (Arquiteto do coletivo Usina), Kelli Mafort (Dirigente do MST), Iriel (Militante do MST), Gato Preto (Compositor e MC do grupo A Família).
Categoria: Notícias e política
Palavras-chave:
MST PASSAPALAVRA Crescemos somente na ousadia 25 anos

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

sacola plástica - comercial argentino

Comercial argentino chamando a atenção para a responsabilidade de cada um de nós na preservação do meio ambiente. "Somos todos inocentes. Somos todos culpados."
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
leia artigo de Tais Vinha em :http://edudemocraticaciber.blogspot.com/2009/09/sacolinhas-plasticas-na-publicidade.html

Sacolinhas plásticas na publicidade.

Há um fenômeno curioso que acontece entre os publicitários brasileiros. Eles ADORAM o primeiro mundo. Os carros do primeiro mundo. Os prêmios do primeiro mundo. Os hotéis de luxo do primeiro mundo. As lojas que, mesmo em terras paulistanas, imitam as do primeiro mundo. Adoram também os vinhos, as canetas, as charmosas cidades, o visual urbano descolado, os filmes, as louras esguias, os restaurantes, o uísque.

Porém, quando o assunto é fazer o Brasil virar primeiro mundo, eles boicotam descaradamente. Se tem uma coisa que publicitário brasileiro odeia é trabalhar num país de primeiro mundo.

Só isso explica o lóbi feio, muito feio, vergonhoso, que eles fizeram para que a propaganda de cigarro não fosse proibida por aqui. Coisa que, há tempos, já era proibida no primeiro mundo.

Propaganda de bebida alcoólica também já foi banida em muito países. Mas por aqui, os cidadãos publicitários fizeram campanha, foram pra Brasília, apertaram mão de parlamentar e etc. Conseguiram manter a milionária publicidade de cerveja ativa. Não sei se teriam tido o mesmo sucesso se vivessem no primeiro mundo.

Espernearam também quando retiraram os outidóres da cidade de São Paulo. "Vamos passar fome!" E nas férias foram para Londres, onde tiraram fotos em frente a fachadas centenárias, bem preservadas e sem poluição visual.

A última tentativa deslavada para continuarmos no vigésimo primeiro mundo foi um comercial bonitinho e totalmente ordinário da W para o "uso consciente" da sacolinha plástica.

Ordinário porque é pago pela indústria do plástico, que deve estar começando a se preocupar com o número cada vez maior de malucos beleza divulgando idéias de primeiro mundo sobre os horrores da poluição pelo uso indiscriminado do plástico.

Ordinário porque está sendo veiculado em um país que recicla menos de 5% do seu lixo (de acordo com as fontes mais otimistas). Ordinário porque coloca no consumidor - nascido, criado e educado em um país com educação de nonagésimo quinto mundo - a responsabilidade pelo uso e "destino correto" das sacolinhas, como se na imensa maioria das nossas cidades, houvesse algum.

Ordinário porque por baixo da roupinha de propaganda educativa, há um comercial muito bem feito de estímulo ao uso da sacolinha plástica.

Ordinário porque jamais seria veiculado em um país de primeiro mundo, sob o risco de consumidores realmente educados e conscientes banirem de vez a sacolinha plástica de suas vidas. No primeiro mundo as pessoas não engolem qualquer besteira, não. Deve ser muito difícil fazer propaganda por lá.



terça-feira, 22 de setembro de 2009

Leitura poética de o bicho de 7 cabeças pelo autor Carrano

Carrano lendo seu próprio texto do livro o canto dos malditos que mais tarde foi adaptado para o cinema como o bicho de sete cabeças!!
por i:i filmes igrejainvisivel.com
revigorando o cinema nacional

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Nós Que Aqui Estamos, Por Vós Esperamos - PARTE 1

1ª PARTE do Documentário de Marcelo Masagão, Brasil, 1998.
Com imagens de arquivos, extratos de documentários e de algumas obras clássicas do cinema, o filme faz uma retrospectiva das principais mudanças que marcaram o século XX, retratando tanto os personagens que entraram para história, como homens comuns que em seu cotidiano também fizeram a história desse século.


PART 1 of the Marcelo Masagão Documentary, Brazil, 1998. With images of archives, extracts of documentaries and some classics of the cinema, the film makes a retrospect of the main changes that had marked century XX, portraying in such a way the personages who had entered for history, as common men who in its daily one had also made the history of this century.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

arthur bispo do rosário

Geometria Fractal: Arte ou Ciência?

Os fractais são formas geométricas de dimensão fracionária. Eles servem como ferramenta para: descrever as formas irregulares da superfície da terra; modelar fenômenos, aparentemente imprevisíveis (teoria do caos), de natureza meteorológica, astronômica, econômica, biológica, etc. Os fractais permitem desenhar (ou modelar) qualquer coisa (ou fenômeno) da natureza numa tela de computador (computação gráfica), tudo isto graças a álgebra dos números complexos.

Estação Ciência

Reportagem do iG faz um divertido passeio pela Estação Ciência, em São Paulo.

Viagem dentro do Computador

Vídeo que mostra uma incrível viagem, de forma descontraída, dentro de um computador.

Ciência e Arte

Uma discussão sobre essa singular relação.

domingo, 13 de setembro de 2009

Saúde Vem da Horta

Edson Hiroshi da Ecovila Clareando foi o primeiro brasileiro a publicar um livro sobre agricultura orgânica no Brasil. Trinta anos depois ele nos fala dos benefícios da sua saúde e de sua família por terem consumindo produtos orgânicos.
Categoria: Ciência e tecnologia
Palavras-chave:
agricultura agricultura orgânica saúde horta alimentação nutrição engenharia de alimentos.

BioUrban, a multiplicação da vida

O video apresentado aqui é uma pequena parte das oficinas realizadas no Atelie Público de São Paulo. Como pode ser visto, nós do BioUrban trabalhamos, neste caso especifico, com dois fatores que julgamos serem de extrema importância na construção do individuo: o controle sobre o processo de trabalho e a reflexão causal de nossas atitudes.
A Intervenção Urbana é o meio pelo qual utilizamos, como ferramenta, para experimentar e produzir Arte. A arte para nós está no processo de transformação do espaço e nas relações travadas com ele. Sob o tempo orgânico trabalhamos e produzimos com o intuito último de chegarmos à explicações metafisicas para a vida.
Pois cremos que "a racionalização arquitetural e urbanística moderna no Brasil gerou gastos exorbitantes aos cofres públicos, criou o sistema panoptico, matou a metafísica e é ademocratico".

Pensar e agir BioUrban é resistir.
BioUrban é a fé no potencial humano.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

O Masculino e o Feminino na Nova Consciência / Ética que salvará o Mundo

1ª parte: O Masculino e o Feminino na Nova Consciência Rose Marie Muraro -- escritora e feminista
2ª parte: A ética que salvará o Mundo Professor Hermógenes -- Escritor e mestre em yoga

domingo, 6 de setembro de 2009

Economia Solidária: consumo responsável (Amigo Ângelo Cavalcante envia )

Video da Campanha Nacional de Divulgação da Economia Solidária.

Envelhecendo em um minuto-(Dublado em Portugues)

Esse video foi originalmente criado para uma empresa alemã de telefonia chamada Trygdeetatens. Mudei o texto, fiz a dublagem e o resultado é o que está aqui.

CRIANÇA, A ALMA DO NEGÓCIO (PARTE 1)

Este documentário está divido em 6 partes, esta é a 1ª. Assista todas elas, com troca automática ao final de cada parte. Clique somente uma vez aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=dX-ND0G8PRU&feature=PlayList&p=E2ABADAEF30E4007&index=0&playnext=1

CRIANÇA, A ALMA DO NEGÓCIO
Um documentário sobre publicidade, consumo e infância.

(Este documentário está divido em 6 partes, esta é a 1ª. As partes seguintes estão ao final deste texto.)

Produtora: Maria Farinha Produções
Direção: Estela Renner
Produção Executiva: Marcos Nisti

Sinopse: "Por que meu filho sempre me pede um brinquedo novo? Por que minha filha quer mais uma boneca se ela já tem uma caixa cheia de bonecas? Por que meu filho acha que precisa de mais um tênis? Por que eu comprei maquiagem para minha filha se ela só tem cinco anos? Por que meu filho sofre tanto se ele não tem o último modelo de um celular? Por que eu não consigo dizer não? Ele pede, eu compro e mesmo assim meu filho sempre quer mais. De onde vem este desejo constante de consumo?" Este documentário reflete sobre estas questões e mostra como no Brasil a criança se tornou a alma do negócio para a publicidade. A indústria descobriu que é mais fácil convencer uma criança do que um adulto, então, as crianças são bombardeadas por propagandas que estimulam o consumo e que falam diretamente com elas. O resultado disso é devastador: crianças que, aos cinco anos, já vão à escola totalmente maquiadas e deixaram de brincar de correr por causa de seus saltos altos; que sabem as marcas de todos os celulares mas não sabem o que é uma minhoca; que reconhecem as marcas de todos os salgadinhos mas não sabem os nomes de frutas e legumes. Num jogo desigual e desumano, os anunciantes ficam com o lucro enquanto as crianças arcam com o prejuízo de sua infância encurtada. Contundente, ousado e real, este documentário escancara a perplexidade deste cenário, convidando você a refletir sobre seu papel dentro dele e sobre o futuro da infância.

Instituto Alana: http://www.alana.org.br/

Dieta Saudável

Dicas para se alimentar com um pouquinho mais de consciência.

123 - "O que é a cozinha macrobiótica?"

NUTRIOLOGÍA ORTOMOLECULAR

viagem fantastica Drauzio Varela - a velhice 2/2

viagem fantastica Drauzio Varela - a velhice 1/2

Entrelinhas - Patativa do Assaré.

O Entrelinhas homenageia o centenário de nascimento de um dos maiores poetas populares do país, cuja obra pertence ao universo da literatura oral e do cordel. A gente conversou sobre Patativa do Assaré com o diretor Sérgio Roizemblit (que fez a última entrevista com ele para o filme O Milagre de Santa Luzia, que acaba de entrar em cartaz) e com diretor e atores da peça Concerto de Ispinho e Fulô, da Companhia do Tijolo, baseada na vida e na obra do poeta do sertão cearense. O Entrelinhas é um programa da TV Cultura. Mais informações em http://www.tvcultura.com.br/entrelinhas

Cassia Eller - Blues da piedade

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

COMPOSTAGEM NA ESCOLA DE LONDRINA. UM PROFESSOR INICIOU O PROCESSO

KLABIN MA 1100 MAQUINA DE PAPEL 9

Klabin está entre as dez maiores fábricas de papel do mundo! porque será não é? será porque o Brasil tem muita natureza para ser degradada ainda!? No vídeo colocado aqui anteriormente sobre a reciclagem do Tetra pak,foi dito que o Brasil inovou mundialmente na separação dos componentes deste material!! PARABÉNS AOS TÉCNICOS BRASILEIROS! inclusive o que resta deste processo e que talvez fosse refugado, transforma-se em telhas de excelente qualidade!
Espero que esta potência de indústria referida aqui, cumpra realmente seu papel social!!
O Brasil está entre os países ,que mais recicla!!! E provavelmente muitos brasileiros ainda não tomaram consciência deste fato!!! coisa que os estrangeiros devem estar sabendo de velho! e talvez por causa disso a Inglaterra tenha exportado vários containners de lixo para cá outro dia, entraram ilegalmente no porto de Santos, litoral paulista.

Nadia Stabile 04/09/09


(...)A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagem (kraftliner e papelcartão) do Brasil e com a conclusão do projeto de expansão MA-1100 irá elevar a capacidade de produção da fábrica da Unidade Monte Alegre de 700 mil toneladas/ano para 1,1 milhão de toneladas/ano. Isso aumentará a competitividade externa da companhia, elevando sua capacidade de total de produção para 2 milhões de toneladas por ano.

O projeto colocará a Unidade, atualmente a maior fábrica de papéis do Brasil, entre as dez maiores fábricas de papel do mundo. A Klabin será a sexta maior fabricante global de cartões de fibras virgens.(...)

RECICLAGEM

(...)A Klabin, como a maior recicladora de papel do Brasil, possui a capacidade anual para reciclar 325 mil toneladas de resíduos de papéis, produzindo 17% do papel reciclado utilizado na brasileira de papelão ondulado.

Os efeitos dessa iniciativa são claros: redução da necessidade de fibra virgem, do volume de lixo urbano, dos custos de produção. Ainda há a geração de renda para toda a cadeia de reciclagem.

É importante ressaltar que as fibras têm capacidade limitada de reciclagem, considera-se o limite entre 5 a 7 ciclos. A cada reciclagem elas perdem tamanho, flexibilidade e a capacidade de ligação, por isso a continuação da produção de fibras firgens é necessária.

Os papéis reciclados pela Klabin são utilizados, principalmente, em suas fábricas convertedoras de embalagens de papelão ondulado.

Do montante dos papéis reciclados pela empresa, 72 mil toneladas são provenientes das suas 9 fábricas convertedoras de embalagens. São refiles (aparas) gerados no processo de produção que retornam para reciclagem. Entretanto, o maior volume de fornecimento vem do mercado, por meio dos aparistas (empresas que comercializam aparas).

Esse processo representa importante contribuição social, dando trabalho a milhares de catadores em todo o país. Esse objetivo é reforçado com a participação no Cempre (Compromisso Empresarial para Reciclagem), associação mantida por empresas privadas de diversos setores e dedicada à promoção da reciclagem dentro do conceito de gerenciamento integrado do lixo. A atuação do Cempre busca conscientizar a sociedade sobre a importância da redução, reutilização e reciclagem, com o apoio de publicações, pesquisas técnicas, seminários e bancos de dados.(...)

http://www.klabin.com.br/pt-br/klabin/reciclagemKlabin.aspx?AspxAutoDetectCookieSupport=1

O que é sustentabilidade?

O que é sustentabilidade?
O vídeo busca mostrar todas as perspectivas desse conceito tão amplo, e dá exemplos de ações sustentáveis.

RECICLAR O SER HUMANO (leia os comentários dos colaboradores deste blog no link abaixo)

Muito se fala em reciclar, em preservar a natureza,
mas como sabemos, pouco se faz...
Todos os processos de transformação da consciência humana,
parecem demorar muito mais do que a descoberta e utilização de processos tecnológicos.
Por exemplo a reciclagem ou a formação continuada de professores,
quase sempre hiper falha,e nada eficiente...
e eu lhes pergunto por que?
Porque na verdade a formação de seja lá quem for se inicia sempre por uma vontade
enorme de transformar-se...vem de dentro,vem da experiência individual de que muitas coisas precisam ser mudadas para melhor! lógico!!!!
Queria escrever aqui também sobre a "reciclagem" das pessoas idosas,
os avós de nossos estudantes, que geralmente tinham vida muito mais simples do que atualmente,que consumiam muito menos alimentos industrializados, e que viviam sem tantos "apetrechos" tecnológicos e que poderiam compartilhar suas vivências nas escolas rotineiramente. Este "linkamento" seria vital,pois se formos encarar que todos fazem parte de uma rede, comunidades são redes,e os idosos também precisam ser incluídos nestas redes! Precisam ser respeitados assim como precisamos aprender a respeitar a natureza, nossa mãe, nossa casa...
Reduzir o consumo de produtos comprados em super mercados já seria um grande passo,
ir mais às feiras livres (outro fenômeno cultural brasileiro) onde o consumo é muito mais humano até no tipo de negociação, na feira ainda dá para se "pechinchar"...
E lógico, pensemos na grande evolução que pode ocorrer quando somente uma pessoa, somente uma...começa a influenciar a comunidade em que vive e consegue mobilizar as demais a terem o ânimo de por exemplo, produzirem os compostos orgânicos, enterrando o lixo de restos de cascas de frutas,e etc...e podendo dispor de verduras,legumes e até frutas produzidas em suas próprias hortas! TUDO É POSSÍVEL TENDO BOA VONTADE, DEDICAÇÃO E INFORMAÇÃO! e como foi dito aqui, a escola pode e deve incluir a comunidade toda em suas ações, porque geralmente se a criança aprende que comer verduras e legumes faz bem a sua saúde, se as mães não estiverem informadas, dificilmente a coisa se concretiza! E sobre a reciclagem do lixo seria até mais fácil de se fazer, como a Taís propôs.
LEIA AQUI OS COMENTÁRIOS FEITOS NESTE BLOG
SOBRE O LIXO E SUA RECICLAGEM :

http://edudemocraticaciber.blogspot.com/2009/08/o-lixo-nosso-de-cada-dia.html

NADIA STABILE - 04/09/09

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Postagens populares - Tudo

NUVEM DE TAGS

"ÍNDICE DE ABRIL 2009" "ÍNDICE DE AGOSTO 2009" "ÍNDICE DE DEZEMBRO 2008" "ÍNDICE DE FEVEREIRO 2009" "ÍNDICE DE JANEIRO 2009" "ÍNDICE DE JUNHO 2009" "ÍNDICE DE MAIO 2009" "ÍNDICE DE MARÇO 2009" ABAETE ADOLESCENTE ALIMENTAÇÃO AMÉRICA LATINA AMIGOS AMOR ANARQUISMO ANCORAMENTO ANTROPOLOGIA ANTROPOLOGIA SIMÉTRICA ARTE artigo AUDIO-VISUAL AUTODIDATISMO AUTORES BANDA LARGA MÓVEL BASE Beto Samu BIBLIOGRAFIA biblioteca BIBLIOTECAS ON LINE BLOGOSFERA BRASIL BRUNO LATOUR CAPES CAPITALISMO CELULAR CIBERCULTURA CIBORGUE CIDADANIA CIDADE ESCOLA APRENDIZ CIÊNCIA CINEMA CNPQ COLABORADORES COMUNICAÇÃO COMUNICAÇÃO DIGITAL CONSUMO CONVERSAS COOPERAÇÂO COSMOGENESE CRIANÇA CRODOWALDO PAVAN CULTURA HACKER CURSOS DEBATE DELEUZE DESIGN DIGITAL DIREITOS AUTORAIS DIREITOS HUMANOS DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA DOUTORADO ECONOMIA SOLIDÁRIA EDUCAÇÃO EDUCAÇÃO DEMOCRÁTICA EDUCAÇÃO LIBERTÁRIA EDUCADORES EMAILS EMEF.DES.AMORIM LIMA ENTREVISTA ESCOLA ESTE BLOG EVENTO FAPESP FEEDS FESTIVAL FILOSOFIA FOUCALT FRACTAL FRAGMENTOS FRASE FUNDAMENTOS GAMES GLÓRIA KREINZ GRANDE IMPRENSA GRUPO DO YAHOO GRUPO YAHOO GUATTARI HISTÓRIA HOMEM HOMENAGEM IDOSOS IMAGEM INCCLUSÃO INDAGAÇÃO ÍNDICES INFORMAÇÃO INTELIGÊNCIA INTELIGÊNCIA COLETIVA INTERNET IVAN ILLICH JOGOS ELETRÔNICOS JOSÉ REIS Joyce Sanchotene Juliana Maria LEI DE LINUS leitura LEVY LINGUAGENS LITERATURA livro para download LIVROS LIXO Luiz de Campos MANIFESTO MANIPULAÇÃO MAPAS MARCELO ROQUE MAURÍCIO WALDMAN MEC MEIO AMBIENTE MÍDIAS MÍDIAS LIVRES MILTON SANTOS MODOLINKAR MULTIMANIFESTO MUNDIALIZAÇÃO MÚSICA MÚTUA AJUDA NADIA STABILE NANOBIOTECNOLOGIA NATUREZA Ney Mourão NJR-ECA/USP OMBUDSMÃE ORIENTE PALAVRAS-CHAVE PAULO FREIRE PERGUNTAS PESQUISA PODER POESIA POLITEIA POLÍTICA PÓS- GRADUAÇÃO PÓSHUMANO PROCESSOS PROF.OZAÍ PROFESSORES PROJETO PROJETO DE LEI PUC RECICLAGEM REDES RIZOMA ROBÓTICA ROMÂNTICOS CONSPIRADORES ROUSSEAU SANDRA GORNI BENEDETTI SANTAELLA SAÚDE SEMIÓTICA SEO SOCIEDADE SOFTWARE LIVRE SUCATA SUSTENTABILIDADE TECNOLOGIA TEIA MULTICULTURAL TESE texto TRABALHO TRAGTENBERG TRANSFORMAÇÃO Travelling School of Life UNIVERSIDADE URBE USP VIDA VÍDEO VOZ WEB 2.0 WIKIPÉDIA